Sobre | Francamente | Música
Francamente - Menu

Sobre

Sobre - 1

Francamente foi fundada em 2012 com objetivo de ser um blog sobre música. Nasceu como uma página no Facebook e passou por muitos formatos para chegar até aqui: um site para reunir ideias, artigos, resenhas, listas e etc - tudo com a primeira arte como eixo central.

EXPEDIENTE

Vinícius Franco - Editor

Sobre - 3

Oi, meu nome é Vinícius, mas pode me chamar de Vini. Filho de Júlio e de Rosimeire, pintor e dona de casa, respectivamente. Nasci em 1993. Fui criado na periferia de Fernandópolis, interior de SP - e atualmente resido na quebrada de São José do Rio Preto (SP). Apesar de vir de uma família muito humilde e trabalhadora, nunca me faltou nada.

Trabalho desde os 13. Comecei numa oficina mecânica, fui empacotador de supermercado, instalador de antena, vendedor de TV por assinatura, almoxarife em uma multinacional de tratores... Até que em 2016 me formei em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Antes disso já tinha sido estagiário como repórter e assessor de imprensa.

Enquanto estudante, fiz duas apresentações no Congresso Nacional de Iniciação Científica (CONIC). Meu trabalho de conclusão de curso foi uma análise sobre as transformações que a internet vem proporcionando na produção musical no Brasil, e contou com depoimentos de empresas de produção e distribuição musical, bem como de artistas.

Em março de 2020, concluí o curso de pós-graduação em Cinema & Linguagem Audiovisual. Produzi um artigo sobre o impacto de novas tecnologias e plataformas de streaming frente ao cinema contemporâneo. 

E por falar em contemporâneo, também me interesso pelo clássico. Por isso hoje sou aluno (EaD) do curso de introdução à música clássica, oferecido pela Universidade de Yale, dos EUA.

Eventualmente colaboro com a Garimpeiro Produtora, uma produtora audiovisual e de eventos. Já promovemos inúmeros eventos do segmento rock e hip hop na cidade.   

Toquei contrabaixo em duas bandas - a Revolução Agora (2013-2014) e a Bom Dia Por Quê? (2018). A primeira fazia covers de rock nacional. A última, hardcore autoral. Saí para me dedicar ao meu projeto solo de música instrumental e experimental, o Biblioteca da Memória.

Em 31 de julho de 2018, foi lançado o primeiro EP do projeto, La Tristèsse D'un Adieu, com três faixas. Em 26 de março de 2020, o primeiro álbum, Por Que Eu Não Dancei?, com 9 faixas. 

Além de aluno e pesquisador de música, atualmente, além do Francamente e do Biblioteca da Memória, trabalho como profissional freelancer em produção de conteúdo e marketing digital.

Siga no Instagram: @francamentevini
Siga no Twitter: @francamentevini

Envie sua sugestão
Envie sua sugestão

Francamente

online

O que você gostaria de ver em nosso blog?