Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris | Francamente

Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris

Blog | 1 | 23/10/2014

Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris - 1

Bati um papo rápido com o ilustre Teco Martins, vocalista do Rancore e de tantos outros projetos, como o Sala Espacial. E é exatamente sobre isso que conversamos. Confere aí.

A Sala Espacial, sua nova banda, vai disponibilizar o 2º EP apenas quando a página da banda atingir um determinado número de curtidas. Acredita que é essencial para as bandas de hoje terem essa conexão com as redes sociais e plataformas multimídias?

O artista vai para onde o povo está, queremos nos comunicar!

Você está sempre por perto do que acontece musicalmente, da cena independente e tal. Pode afirmar que os artistas (pelo menos de SP) estão se ajudando a formar uma nova (e interessante) cena?

Todos os meios tem todos os tipos de gente, a profissão não define caráter, infinitas possibilidades, ação e reação! Tudo que vai volta, é simples!

Bom... Voltando à Sala Espacial: almeja organizar turnês em outras cidades, circuitos por casas de shows, ou o lance do Sala é ocupar espaços públicos?

Não há limites para o poder do amor e da música… A companhia nos é muito mais importante do que o lugar!

Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris - 3

Foi uma surpresa quando você recebeu a notícia de que o Candinho iria embora, obrigando o Rancore a entrar em hiato?

Não… Simplesmente aconteceu. 

Você tem participação nos símbolos esquisitos que aparecem nos títulos dos clipes do Rancore? Existe um significado próprio?

Sim vários, nós da Sala Espacial queremos nos comunicar com os mais variados povos, culturas, estilos de vida, pensamentos, fé, união, amor, humildade, respeito, alegria, dança, dança, dança!!!!!!!! Sem preconceito, sem rótulos!!! Amizade, alegria de viver!!!

Por fim, está lhe fazendo bem esse hiato do Rancore, essa fase nova e experimental com o Sala? O que tá sentindo?

Sim. Estou tendo a oportunidade de me reinventar artisticamente buscando outros timbres, ritmos, formas, mixagens, texturas, cores, tecidos, linguagens… e isso me dá vontade de viver, de melhorar, estou cada vez mais satisfeito com o som que estamos fazendo com o Sala Espacial!!!!!!!!

O Bóris, mascote do Sala, está sempre perto de você nas fotos, nos ensaios. Qual é a conexão entre vocês dois?

Sim, acompanha todos ensaios. Na verdade você está subestimando-o se pensa que ele apenas é um mascote. Bóris é nosso mentor, produtor, empresário, guardião, mestre e muito mais. Tudo o que conquistamos com a Sala Espacial até agora devemos ao Bóris. Estamos tentando achar brechas na agenda dele pra conseguir levá-lo ao palco pro povo entender um pouco de sua magia e ensinamentos!! Salve Bóris.

Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris - 5
Teco Martins fala do Rancore, do Sala Espacial, da música, da vida… e do Bóris - 6

Mas algum dia… Você acha que o Rancore vai voltar?

Acabou de voltar nessa sua pergunta!!!

OUÇA O ÚLTIMO LANÇAMENTO OFICIAL DO RANCORE:

OUÇA O DISCO "CASA MOXEI", DO SALA ESPACIAL:

__

Sobre o autor:

Vinícius Franco é jornalista, produtor e músico do Biblioteca da Memória.
Siga no Instagram: @francamentevini
Siga no Twitter: @francamentevini


Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
Envie sua sugestão
Envie sua sugestão

Francamente

online

O que você gostaria de ver em nosso blog?